sábado, 6 de setembro de 2008

Le FILS du Régiment



Sugiro um abastado stock de lenços descartáveis, durante e após o visionamento deste magnífico registo!

Não estando isento de fragilidades, aconselho-o vivamente.

A fundamentação virá depois, quando me apetecer!

Em todo o caso, neste registo, a filha cede a glória ao FILHO, verdadeiro herói lírico!

2 comentários:

raul disse...

Eu tenho este DVD e estou satisfeito. Claro que o JDFlorez está perfeito, mas é injusto não apreciar o trabalho de Patricia Ciofi. Não é a Sutherland, mas é vocalmente muito correcta e excelente cenicamente. A Ciofi é muito feminina, para mim muito bonita de se ver. Uma coisa é certa: por melhores decibéis que o tenor tenha, e este tem-nos, a personagem é desinteressante e a música mais bonita está na voz dos soprano.

Anónimo disse...

Eu também tenho e já cá tinha referido o meu apreço por esta gravação. Concordo com o Raúl, a Ciofi está em grande forma e num papel à sua medida. Maravilhosa interpretação mesclada duma fina ironia e duma tristeza que empresta uma dimensão ao papel inusitada. É ponto alto a aria do primeiro acto do soprano cheia de melancolia que arranca um aplauso não inferior ao do tenor, em forma magnifica, destaco uma relação de rara empatia entre os dois protagonista em que a presença do outro empresta raro relevo a interpretação de cada um.

J. Ildefonso.