domingo, 28 de junho de 2009

Contra o FACEBOOK, marchar, marchar!



É verdade que me inscrevi nessa ignóbil ferramenta, por pressão de várias criaturas, que muito prezo. O pior do dito utensílio? As tiradas do seguinte calibre:

"Estou a preparar as malas para a viagem!", "Está um sol fantástico na Côte d'Azur", ou ainda "Comprei estes sapatos da Prada, agorinha mesmo, na Faubourg-Saint-Honoré".

Mas, fiel leitor, todos temos direito à trivialidade...

O que vou fazer agora, precisamente? (re)Ler Os Maias!
Não me sirvo do FACEBOOK, mas antes do BLOGSPOT - que é muito mais engraçado -, para divulgar o evento.

Contudo - prometo -, mal adquira um par de cuecas da Lacoste, os utilizadores do FACEBOOK serão os primeiros a conhecer a façanha! Com foto e tudo, claro está!



"Agora, agora mêmo, mêmo??? Vou pó Banzão, quisto aqui ê uma massada, com montes de chuva i mai não sei quê! Bóra lá todx pó Banzão!"

7 comentários:

Tiago disse...

postei o video do nucci no Facebook... deixa ver se tem comments :-)

Moura Aveirense disse...

A mim (ainda) não me apanham nessas redes sociais...

Fernando Vasconcelos disse...

Oh, vá lá não sejam assim que a par dessas trivialidades que admito tenho certa dificuldade em entender as redes sociais desempenham um papel útil. Por exemplo por causa desta http://aelfcl.ning.com/ reencontrei tantos colegas de Liceu ...

blogger disse...

e o joão por acaso não apanhou um surto de videos dedicados a michael jackson apos este finar? de repente toda a gente da minha "rede social" lembrou-se que gostava muito dele!

Il Dissoluto Punito disse...

Blogger,

Típico dos processos de luto. Após uma perda, procuramos compulsivamente reencontrar o que perdemos - através da compra, da divulgação, etc.

J. Ildefonso. disse...

Para essas palhaçadas não tenho tempo... facebook, etc.

mr. LG disse...

J Ildefonso,
Tem toda a razão!! ;-)

Carííssimuu Dissôlutuu:
Sei lá!... a últtima cuuéca decisivamente e absolutamente. Tá a ver??... a sêrio!! Não seja caturreiro pó mano, stÁ?
Queria tanto coomprá-la pa moi même. Dava um jeitosaço a je… tá-me a ver, num tá?