domingo, 23 de dezembro de 2007

A Angelina de Didonato

«"El de Cenicienta es un cuento universal presente en la historia de la humanidad desde tiempo inmemorial y cuyo último ejemplo ha sido la boda de Letizia Ortiz con el príncipe Felipe. Todos soñamos con cambiar la realidad en la que vivimos, pero muy pocas veces sucede", reconoce Joan Font, quien con la ayuda de dibujante, escenógrafo y figurinista Joan Guillén ha pintado la ópera de chillones colores de cuento con una estética que busca la caricatura. »

Pessoalmente, mais do que a tese de o sonho feito realidade – o da afirmação da supremacia do prazer sobre o real -, La Cenerentola versa sobre o mais profundo masoquismo, que se pretende virtuoso: uma variante do dar a outra face, qual Jesus Cristo.



Depois de uma Angelina miscasted em Londres, interpretada por Kozená, é agora a vez de Didonato (coadjuvada por Floréz) mostrar o que vale, no Liceo.

3 comentários:

Raul disse...

Pelo que conheço da Joyce di Donato, nomeadamente uma versão da "Una Voce poco fa", estamos perante uma cantora que poderá ser uma perfeita Angelina. Eu pessoalmente gosto muito desta cantora.

Anónimo disse...

Tenho um excelente disco de duetos de Handel com a Cioffi/ di Donato que continua a ser muito presente no meu leitor de cd.

J. Ildefonso.

Raul disse...

Curiosaqmente tenho uma excelente gravação do Benvenuto Cellini com estas duas cantoras.