segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

No Met, uma vez não são vezes!!!

A excepção que confirma a regra (da quase-perfeição) da mítica sala nova-iorquina.

2 comentários:

HVA disse...

Está visto que não vale a pena ir apressadamente a Nova Iorque gastar as solas das suas novas e assumidamente belas botas...


Saudações,

HVA

Il Dissoluto Punito disse...

Ah, ah, ah!
Boa, HVA! Estou a ver que, também por aí, o humor anda de feição!
(parabéns pelos óptimos posts consagrados ao meu mestre Mozart ;-) )
Um abraço,
João