sábado, 16 de julho de 2005

Um tenor furacão !


(OEHMS Classics - OC 320 - www.oehmsclassics.de)

Glorioso ! O Timbre pujante e heróico de Torsten Kerl, quente, encorpado, pleno de garra e ousadia - a roçar o registo baritonal - é uma revelação !
Entre o lirismo dramático e o heldentenor, Kerl promete revolucionar a interpretação, particularmente no território wagneriano.
Imagino-o na pele de Tristão...
Recorda a clareza de Heppner, sendo mais viril, na emissão e na densidade.

Há muitos anos que um tenor não me impressionava a este ponto !
Absolutamente imperdível !

2 comentários:

HVA disse...

Surpreendente! Apenas o tinha ouvido de passagem há um par de anos (mais coisa menos coisa) em Mozart (Don Giovanni)e Verdi (Alzira), e não fiquei assim tão impressionado. Lá vou ter que ouvir o disco que refere...

Il Dissoluto Punito disse...

As interpretações mozartianas do senhor em questão não devem ser famosas... Concordo consigo, a avaliar pelo Don Ottavio que dele ouvi. Mas, no território dramático, a conversa é outra ! Dir-me-á...