segunda-feira, 21 de abril de 2014

   (DG 477 9878)

Este Don conta com pérolas que o transformam num putativo eterno sobrevivente, num universo discográfico prolixo.

Doravante, em matéria de pós-4D, este registo será um dos (escassos) incontornáveis. 

Além da magnífica interpretação de Haitink – que tem em Allen (Don) e Vaness (Donna Anna) duas coroas de glória – e do Don Giovanni proposto por Muti – haverá Donna Anna comparável à de Cheryl Studer?! E servo da magnitude de Ramey?! -, a leitura de Nézet-Séguin afirma-se como digna alternativa aos clássicos diamantes – Giulini (1959), Krips, Mitropoulos, Furtwängler (dvd) e Muti (dvd).

D’Arcangelo é O Don da sua geração. Subiu as escadas todas do edifício mozarteano, começando por Masetto, passando por Leporello (Gardiner)... O seu protagonista é um Dissoluto Punito pleno: imoral, narcísico, sedutor e... gracioso! Declama com uma teatralidade e ousadia invulgares. Ladeia-o o superlativo Leporello de Pisaroni: tacanho, mordaz e sarcástico. A parelha que ambos formam é – porventura – a mais feliz da discografia: unidos e sintonizados na vileza, expressam-na, ora de forma prosaica (Leporello), ora com panache (Don Giovanni).

O Don Ottavio de Villazón – pós fase hipomaníaca, que lhe corroeu a carreira – será outro dos pilares desta leitura. A contenção e disciplina encontram-se envoltas num extraordinário lirismo, absolutamente comovedor – Il mio tesoro... Recordou-me o Ottavio de Simoneau, que maravilhou os mozarteanos dos 1950’s.

A grande decepção desta interpretação será a Donna Anna de Damrau, desconfortável na tessitura, com uma estridência permanente, a par de um alemão parasitário.

Didonato cumpre, como Donna Elvira, não alcançando a glória dos colegas mencionados.

O restante elenco prima pela homogeneidade e aprumo, não se destacando particularmente de intérpretes das interpretações pretéritas.


Por último, refira-se a magistral condução de Nézet-Séguin, nervosa, mas certeira, com tempi uniformes e precisos. Séguin propõe-nos um Don Giovanni grandioso, disciplinadíssimo e rigoroso, absolutamente lírico e teatral, camarístico até ao âmago!

Um valor seguríssimo!

* * * * *
(5/5*)

3 comentários:

Ashot Arakelyan disse...

Hello my name is Ashot and I’m the owner of the blog
http://fonotipiarecords.blogspot.com
I have a request – Can we exchange links our sites by addiding in the links’ section.
All the best
Ashot

JPDAGB2 disse...

De facto, a discografia do Don Giovanni é imensa e gloriosa, nela avultando os nomes de Siepi e Wächter como, na minha opinião, os mais marcantes Dons de que há registo.
De entre as gravações modernas que conheço – e não conheço esta – tenho considerado o Peter Mattei (gravação de 2000, dirigida por Daniel Harding – a versão em cd, pois também existe uma gravação em dvd, embora a parte feminina do elenco seja menos interessante –, que certamente conhecerá) o grande Don da sua geração. Mas, dado o teor altamente elogioso da sua apreciação, bem como o facto de ser, reconhecidamente, um especialista maior no Don Giovanni, parece que terei de tentar conhecer mais esta gravação.
Cumprimentos e votos de rápido regresso a este blog, que tanta falta faz aos apreciadores de ópera.
J. Baptista

Puja Kumari disse...

Sarkari Result is the most Trusted Latest Government jobs & Sarkari Result Portal for the job seekers. Sarkari Result Provided Updated instantly every moment regularly of all latest jobs Results, Answer keys, Admit Cards, Online form for Various Government Sarkari Exam, Exam Syllabus, Admission form updates related to job information.

Sarkariresult

Rojgar Results