sábado, 28 de agosto de 2010

Wagner & Gergiev

Gergiev perpetua a sua (seguramente notável) leitura de Parsifal.
Impacientemente, aguardemos...

«In 1997, at the Mariinsky theatre in St Petersburg, Valery Gergiev conducted the first ever public staging of Parsifal in Russia. It was a hugely significant achievement – the cast was made up entirely of the company's own singers. But this recording, made 12 years later in the Mariinsky concert hall, features non-Russian singers in the principal roles. Gergiev presumably wanted to record a Parsifal that measured up to the international competition, rather than just a memento of the Mariinsky's progress, and he's certainly succeeded. The great strengths of his performances in the theatre here underpin at least one remarkable performance: René Pape's outstanding Gurnemanz. Gary Lehman's Parsifal is competent, while Violeta Urmana's Kundry mixes thrilling moments with unstable ones. Gergiev's conducting is more than sufficient compensation for those minor shortcomings, though.»

7 comentários:

portasabertascadeirasaosoco disse...

grande Marinsky,vi lá o ano passado " the love for 3 oranges " de Prokofiev,uma ópera pouco falada,ao que parece.Espero lá voltar,mas agora para ver a fogosa Anna Netrebko.

Raul disse...

Caro Portas,
Não sei se gostou d'"O Amor pelas três laranjas". Eu vi esta ópera interpretada por uma companhia russa em 2002 em Hong Kong, depois dessa mesma companhia ter representado o "Boris Godunov" com Evgeny Nesterenko. A ópera de Prokofiev foi talvez a experiência menos agradável que tive em ver ópera. Uma maçada! Existe uma suite para orquestra que é "suficiente".

Elsa Mendes disse...

Vou partilhar a notícia, pode ser?

Il Dissoluto Punito disse...

Elsa,

Be my guest :)

portasabertascadeirasaosoco disse...

Raul,eu percebo tão pouco de opera,que me distraí mais a ver as russas que propriamente a dita cuja :) mas realmente não houve assim nenhum momento de toda a obra que me tivesse ficado na memória,é porque ela é mesmo fraquinha,sim tem razão.

Mr. LG, el MIster disse...

Depois dos olímpicos Parsifal de Hans Knappertsbusch Bayreuth62 e Karajan 79/80 para a DG, o Sr. Gergiev tem a tarefa muito dificultada ao enviar para consumo e apreciação pública o seu Parsifal. Depois daquelas 2 versões, é muito difícil escalar esse Everest discográfico e impor uma nova versão que nos diga algo de novo sobre esta magnífica Last Opus de Herr Richard e acabe com o predomínio discográfico daquelas. Gergiev é capaz de tudo: do excelente, do bom, do melhor… e da rotina mais “rotineira” :no Parsifal at the Met do ano 2003, não me inspirou o mínimo de confiança; embora no seu DVD Parsifal98 Docu., com Domingo e também já com Urmana, leva Parsifal ao sublime, ao etéreo…
Acho que não lhe favorece nada estar em todo o lado ao mesmo tempo a dirigir tudo e todos. Mas… quem sou eu? … ele lá sabe com que “excelentíssimas” agulhas se cose.
Quanto a Violeta Urmana, as notícias não podiam ser as melhores. Já não era sem tempo de uma Kundry sua sair para o mercado discográfico, apanhando-a em pleno estado de maturidade vocal e artística do personagem. Embora sei que já correm no You Tube extractos de um Parsifal seu com Plácido Domingo- Liceo de Barcelona 2005, se não estou em erro, com Sebastian Weigle na direcção de orquestra. É caso para perguntar o que é que estão os Srs. editores dos DVDs (OpusArte e Arthaus…??) a fazer, à espera de…
De qualquer maneira, a Sra. Urmana já fala desta gravação no You Tube

http://www.youtube.com/mariinskyen#p/u/1/3vUNI7nmIls

MR. LG, el MIster disse...

A grande novidade para mim é termos uma gravação com um dos ou O HELDENTENOR do momento: o tenor americano Gary Lehman.
Perante o empalidecimento vocal constante de Ben Heppner, eis que nos aparece um tenor “de substituições”… (??) com timbre e voz encorpada,bem apropriada para Wagner, com um bocadinho de escuro comme il faut, potência q. b. e… ei-lo! …
pelo menos aquilo que me transpareceu nas Matinee Broadcast que eu escutei dele, Live from the Met, a 6 de Dezembro de 2008 - TRISTAN UND ISOLDE , sendo a sua Isolde Katarina Dalayman e estava a batuta confiada a Daniel Barenboim. Récita inesquecível!... e Lehman veio substituir nesta Récita Peter Seiffert. Bendito sejas, Herr Seiffert, a mais o teu esgotamento vocal :-)

A do dia 11 de Abril 2009, Metropolitan Opera House - Matinee Broadcast, de DIE WALKÜRE , com a Brünnhilde de Iréne Theorin, a Sieglinde estava com Waltraud Meier, Wotan entregue ao eterno James Morris e como Maestro o também eterno James Levine. Lehman desta vez vinha substituir ( o paquidérmico) Johan Botha. Mais uma vez, vielen Danke, Herr Botha, a mais a sua perfeita adequaçao física em palco :-)
Mr. GARY LEHMAN MERECE MUITA MELHOR SORTE DO QUE AQUELA QUE TEM TIDO, mas tenho-me informado e sei que tem singrado com mais frequência os palcos norte-americanos e europeus. Fico muito contente por isso. :-)
Falo de heldentenor, não estou a falar de Tenor Germânico Lírico-Dramático: Erik, Lohengrin, Walther von Stolzing, Parsifal. Não, isto está a cargo de Klaus Florian Vogt, Simon O'Neill ( de quem já possuo o seu CD de apresentação para a EMI, mas que ainda nem o abri. Sorry, no time for everything :-) ) e do nosso caríssimo Herr Kaufmann que, mesmo a propósito, não cantou as duas ultimas récitas do LOHENGRIN em Bayreuth 2010, com nova encenação a pensar já e MUITO no seu VEDETISMO. Deu essa tarefa aos dois senhores que estão referidos acima. Já esgotamento… ou questão de “durabilidade futura no mercado tenoril”… :-?
… a propósito deste novo Farinelli: Herr Kaufmann. Jonas Kaufmann ESTÁ NA ALTURA IDEAL PARA NOS DAR, em Cd ou DVD, EXACTAMENTE O PARSIFAL em questão: se Stefan Herheim desistir daquela ideia ridícula de pôr uma cabeleira loura com que vem coroando a sua personagem de Parsifal, que actualmente encena em Bayreuth, e deixar brilhar LE FISIQUE IDÉALE POUR LE ROLE, a mais a indiscutível e celebérrima BELA TRUNFA ENCARACOLADA NEGRA de Herr Kaufmann como Parsifal… é ver quem mais corre para comprar o DVD!! … :-D
Alô, Alô, Frau ou Madchen (como queira) Katharina Wagner… está por aqui pelo Blog do Dissoluto?… não sei se está a ver a ideia: Jonas Kaufmann als Parsifal… in Bayreuth… Beautiful, very beautiful… Dvds, Dvds… Money, Money. Lots of… :-D :-D
LG


P.S. a propósito, Dissoluto… que é feito da sua audição de Wagner: Lohengrin - Audio CD EMI, com Jess Thomas, Elisabeth Grümmer, Otto Wiener, Dietrich Fischer-Dieskau, Christa Ludwig, Rudolph Kempe, Vienna Philharmonic. Não nos disse mais nada… Então??... :-)