sábado, 30 de maio de 2009

Thomas Hampson



Thomas Hampson é o mais refinado e destacado barítono lírico da sua geração.
Tive a felicidade de o ver em ópera, on stage - Don Giovanni (papel titular, Met' 04) e Arabella (Mandryka, C
hâtelet - Paris' 05).

Hoje ao cair da tarde, na Gulbenkian, muitos irão deliciar-se com a sua elegância e veludo interpretativo. A não perder, por nada deste mundo.

10 comentários:

Moura Aveirense disse...

Como foi?

Il Dissoluto Punito disse...

MOURA,

Vai ser esta tarde, dia 30, pelas 19,00h Aparece ;-)

Moura Aveirense disse...

Não posso, vou viajar :)

Bom concerto, Moura Aveirense

Il Dissoluto Punito disse...

Moura,

:-((( Espero que vás para o local aprazível !

Anónimo disse...

"Thomas Hampson é o mais refinado e destacado barítono lírico da sua geração".
(Teclado sem acentos, tentarei fazer copy paste sempres que possível)
Caríssimo Dissoluto,
Não duvidando em nada da sua afirmação, so gostaria de saber que outros barítonos compreende a sua geração. Eu tenho um cd dele de árias alemãs romanticas e e fabuloso.
Raul

Heitor disse...

Pois é, sabe que ontem à tarde na FCG vislumbrei um indivíduo extremamente parecido com um certo transeunte?!

Cumprimentos,

Heitor

Il Dissoluto Punito disse...

Raul,

O facto de não haver mais nenhum, destacado, diz tudo, não? Conhece algum rival? Eu não!

Il Dissoluto Punito disse...

Heitor,

Ontem falei em si, com o Paulo (Valkirio). Se me reconheceu, por que não se anunciou? Nós estávamos com vontade de o ver, mas não temos como...

Anónimo disse...

Sim, tem razão. No seu momento ninguém lhe faz sombra.
Raul

Heitor disse...

Tive uma prova de manhã (em Viana do Castelo...), pelo que chegámos muito tarde à Gulbenkian, com os bilhetes por levantar e cheios de fome! Aproveitámos o intervalo para meter qualquer coisa no estômago, e a meio do processo já a campaínha tocava para a 2ª parte!
Mal acabou, foi zarpar de regresso a casa!

Fica para a próxima, certamente que oportunidades não faltarão.


Abraço,

Heitor