terça-feira, 2 de setembro de 2008

I Bassi

Nesta rentrée, o confronto faz-se (também) em terrenos que admiro particularmente: baixo-barítono e baixo tout-court.

Por estas bandas, já figuram os registos há muito esperados de Pape e Schrott. Quanto ao de Terfel - o mais que tudo dos baixo-barítonos e quejandos -, prudência, prudência... O material preview inspira-me grandes hesitações...

Ver-se-á!


5 comentários:

Paulo disse...

Também já andei a ouvir uns pedacitos do CD do Terfel e não me convenceu. Aposto no Pape.

raul disse...

Acho muito bem que o Terfel promova a sua terra, mas a música galesa tem um público circunscrito.

Moura Aveirense disse...

Porque não gostaste da "preview" do CD? Se o Terfel gosta de cantar esse tipo de repertório, acho que deve fazê-lo (tal como, por exemplo, o Scholl com as suas English Folksongs).

José Quintela Soares disse...

Recordei Te Kanawa quando abordou a música do seu país...e tal como então...não gostei.

Il Dissoluto Punito disse...

Moura,

Experimenta ouvir o preview, no site da DG, e depois diz-me o que sentiste... Pareceu-me um pouco para consumo interno...