quarta-feira, 23 de julho de 2008

A (falta de) Saúde de Levine

Nos últimos tempos, a saúde de James Levine tem claudicado.
A notícia que reproduzo dá conta de um tumor maligno situado num rim, extraído cirurgicamente há dias. Segundo reza a dita notícia, o mal parece ter sido erradicado pela raiz, dado encontrar-se numa fase muito embrionária. Assim seja, esperamos todos!

Long Live Jimmy Levine!




«A growth on the kidney of the conductor James Levine was found to have been cancerous, but the malignancy had not spread, and Mr. Levine was expected to recover fully, the Boston Symphony Orchestra said on Tuesday.

Surgeons removed the kidney last week after doctors found what was described at the time as a cyst. The orchestra, of which he is music director, said Mr. Levine, 65, was released from the undisclosed New York hospital over the weekend.

7 comentários:

Daniel disse...

caro joao, acabou de sair online a proxima temporada do Sao Carlos. digo-lhe isto porque pode nao ter reparado ainda. um abraço

Anónimo disse...

James Levine, o homem, desejo-lhe a maior saúde que o afste de todos os males. O maestro ? Nunca percebi como um maestro tão normal, sem nada que o coloque ao nível dos grandes, pode chegar tão alto.
RAUL

Hugo Santos disse...

Caro Daniel,

estou verdadeiramente siderado. Uma temporada de quinta, com elencos de décima. A expressão popular "bater no fundo" não passa de um mero eufemismo no que ao actual estado do São Carlos concerne.

Moura Aveirense disse...

É mázinha a temporada, não haja dúvida...

José Quintela Soares disse...

A culpa desta "miséria" é de quem deixa estes "gestores" à frente da Instituição.
De que estão à espera?

O ar triunfal com que anunciam que a assistência à Ópera aumentou 19%...daria para rir...mas lembro que, a exemplo do que sucedeu com a célebre ópera de Emanuel Nunes, metade saiu ao intervalo....

E pergunta-se:
Que critérios existem?

Hugo Santos disse...

Exactamente, caro José. Volto a usar uma expressão popular, dizendo que "estamos entregues ao bichos". Quem pretenda fazer um mero exercício de comparação entre esta gestão e a gestão Pinamonti, basta consultar as temporadas anteriores no próprio site do São Carlos. As diferenças são notórias.

Anónimo disse...

Querido Raul

O Levine nunca e brilhante mas e duma notavel constancia no seu elevadissimo grau de profissionalismo. Nao entusiasma mas e eficiente.

J. Ildefonso.

(nao tenho sinais de pontuacao, sorry)