terça-feira, 31 de janeiro de 2006

O milagre da perfeição

Comovido até ao âmago, declara-vos o Dissoluto ter o complemento visual da mítica interpretação de Don Giovanni, que Giulini dirigiu em 1959.


(OPUS ARTE OA LS3001 D)

Num universo dominado pelo classicismo cénico, sob o signo do requinte e distinção, Muti confirma a sua autoridade (mozartiana) inquestionável, eternizando a mais extraordinária interpretação vídeo de Don Giovanni.

Allen aristocrático, Gruberová divina, Murray absoluta...

Outras considerações virão, depois deste rol de epítetos!

6 comentários:

Anónimo disse...

João,
Peço desculpa, mas acho um pouco exagerada a sua opinião sobre este DVD, que eu já possuo há talvez 2 ou 3 anos. Boas prestações, sem dúvida, mas nada do outro mundo, em especial a Ann Murray, que, embora possua escola, é vocalmente média. Tirando as árias da Donna Anna que são francamente aplaudidas, o resto nem por isso. O Don Ottavio do Araiza é dos piores que tenho ouvido.
Raul

Il Dissoluto Punito disse...

Raul,

O mérito deste Don radica numa mágnifica mise-en-scène, na direcção de Muti e no soberbo titular do papel principal - Allen.
Depois fundamento esta opinião (é que o meu filho está quase a nascer e eu estou a funcionar a 100/hora!!!).

ps o Araiza é maior canastrão que alguma vez vi, mas o Il Mio Tisoro é muito, muito luminoso!!! A Murray, apesar da acidez vocal, é absolutamente Elvira e a Gruberova uma intérprete de mão cheia!!!
Quanto aos aplausos dos milaneses,,, como (quase) sempre, em itália só se aprecia entusiasticamente o sobre-agudo levado até à exaustão, coisa pouco consentânea com o espírito mozartiano...

Mais tarde, falarei em detalhes, ok?
Um abraço

Anónimo disse...

João,
Acima de tudo desejo que tenha um belo filho a quem posso aplicar o belo título desta ária: Il mio tesoro.
Se o seu filho nascer hoje, 2 de Fevereiro, nascerá no meu dia de anos.
Um abraço
Raul

Il Dissoluto Punito disse...

Oh Raul... Acredita em coincidências? A primeira coisa que me ocorreu quando vi o meu filhos foi a dita ária do Don Ottavio! Pelos vistos, o mesmo lhe sucedeu, a si!!!

Como não há uma sem duas, parece que o Raul e o Tiago fazem anos no mesmo dia! Que vivam as coincidências!

Um abraço,
João

MyHiraeth disse...

Não querendo por defeito algum no rumo que este post tomou, pois não melhor cereja no bolo do que o doce Tiago....

Mas Don, e a outra cereja, a prometida??LOL

Il Dissoluto Punito disse...

MyHiraeth,

Wait and see ;-)